Cirurgia Plástica no Braço (Braquioplastia)

Cirurgia Plástica no Braço (Braquioplastia)
4.9 (97.33%) 15 votos

Cirurgia Plástica no Braço

Cirurgia Plástica no Braço

Cirurgia de Braquioplastia

Cirurgia de Braquioplastia

Ilustração do resumo de Cirurgia de Braquioplastia pelo Dr.Cláudio Lemos

A Cirurgia Plástica no Braço – Braquioplastia

De acordo com cada caso, a cirurgia plástica no braço pode ser de duas formas. Se o excesso for apenas de gordura, uma lipoaspiração de braços pode ser feita até mesmo com anestesia local ou combinada com outra cirurgia maior. Caso também haja um excesso de pele, o resultado é um braço mais fino e firme, mas com a necessidade de uma incisão ao longo da face posterior do braço, a braquioplastia. Em ambos os casos, a melhora do aspecto braquial é notável, tornando muito mais fácil realizar o desejo de usar uma roupa com mangas curtas ou ate sem mangas.

A Flacidez da Pele dos Braços Decorrente da Idade

Especialmente nas mulheres, os braços representam uma parte fundamental na estética, sobretudo na hora de colocar uma blusa sem manga ou em ocasiões de movimentos como o famoso movimento do “tchau”.

Os Tecidos da Região dos Braços Têm Duas Tendências Principais, ao Longo do Tempo:

  • Acúmulo de gordura na face póstero-lateral dos braços;
  • Flacidez de pele na face póstero-medial dos braços.

O Que Isso Significa?

Com o passar dos anos, a tendência maior nas mulheres é de acumular gordura na região do tríceps (face póstero-lateral dos braços), ou de ganhar flacidez. Trataremos do acúmulo de gordura mais abaixo.

Sobre esse ganho de flacidez de pele, decorrente pela diminuição do colágeno corporal de uma forma global e do apoptose celular (envelhecimento das células), que acometem a todos, em um período mais precoce ou mais tardio da vida, a cirurgia plástica encontra o papel de tratamento da flacidez de pele com a braquioplastia, ou cirurgia plástica de braços.

Excesso de pele normalmente somente consegue ser adequadamente tratado com a retirada cirúrgica da pele excedente, usualmente por meio de uma cicatriz longitudinal na face posterior do braço, de modo a que essa cicatriz, por vezes evidente, fique o menos perceptível possível.

Apenas a título de curiosidade, a flacidez de pele dos braços, quando decorrente da idade, costuma ser de menor monta do que quando decorrente de grande perda de peso.

Assim, quando o problema maior que acomete os braços é a flacidez de pele, indica-se a braquioplastia, ou cirurgia plástica de braços.

Excesso de Gordura

Quando o principal problema é o excesso de gordura, com pouca ou mínima flacidez de pele, pode-se optar por uma lipoaspiração de braços, a ser realizada sob anestesia local ou peridural, que remove de modo eficaz as gorduras indesejáveis dos braços, causando um aspecto de “emagrecimento” importante no semblante do paciente. A lipoaspiração dos braços é realizada com a paciente em decúbito ventral (de barriga para baixo), e uma cânula extremamente fina é inserida por um pequeno orifício no cotovelo, e outro na axila posterior, de modo que a cicatriz fica imperceptível depois.

Os pacientes que haviam se submetido à gastroplastia e tiveram grande perda de peso veem na braquioplastia uma alternativa eficaz para o tratamento da flacidez de pele dos braços.

A Flacidez de Pele após a Cirurgia Bariátrica de Redução de Estômago (Gastroplastia)

É muito comum, após grandes perdas ponderais, sobretudo nos pacientes que se submeteram a cirurgia bariátrica (gastroplastia vertical), ocorrer o excesso de pele que impera o uso da cirurgia plástica para melhorar o aspecto corporal.

Dentre as cirurgias plásticas mais realizadas no ex-obeso está a cirurgia de braquioplastia. Ela visa diminuir circunferência braquial, permitindo o uso de roupas com maior conforto, sem aquele excesso de pele que preenche toda a manga ou que dificulta a escolha de roupa, optando-se por modelos de manga longa que possam firmar ou esconder aquele excesso.

Muitas outras cirurgias plásticas são realizadas por ex-obesos e que podem ser associadas à cirurgia plástica de braços, a braquioplastia, entre elas, a abdominoplastia, mamoplastia com implantes de silicone, lifting crural (de coxas), lifting facial e até mesmo a lipoaspiração em casos indicados.

Na obesidade, o acúmulo de gordura abaixo da pele, serve como expansor de pele, sobretudo nos braços, e quando se perde essa gordura, a pele possui uma capacidade limitada de retração, normalmente não retornando à condição inicial.

Os pacientes que haviam se submetido à gastroplastia e tiveram grande perda de peso veem na braquioplastia uma alternativa eficaz para o tratamento da flacidez de pele dos braços.

Técnica de Braquioplastia ou Cirurgia Plástica de Braços

Normalmente, o excesso de tecido que justifica uma cirurgia de braquioplastia, ocorre em toda extensão do braço, não podendo ser adequadamente tratada com uma cicatriz que envolve uma cicatriz que fica somente posicionada na axila. Essa técnica com cicatriz axilar com ou sem um pequeno prolongamento em “T” no terço proximal do braço costuma ser ineficaz, deixando uma cicatriz sem necessariamente conferir o resultado esperado pela paciente e pelo cirurgião plástico. Por esse motivo, Dr.Cláudio Lemos por vezes prefere não realizar a braquioplastia a realizar essa técnica puramente axilar.

Técnica de Braquioplastia

Técnica de Braquioplastia

Ilustração dos Tipos de Cicatrizes Realizadas em uma Braquioplastia.

Mas Qual a Melhor Técnica, Então?

Como já foi dito, o excesso de pele ocorre em toda a extensão do braço, causando um aumento de pele no sentido circunferencial dos braços, desde sua região proximal próxima à axila, até o cotovelo. Por esse motivo, Dr.Cláudio Lemos costuma realizar a braquioplastia com uma incisão longitudinal, em toda a extensão do braço, posicionando essa cicatriz em sua face póstero-medial, de modo que fique menos perceptível na maioria dos movimentos realizados com os braços.

Trata-se de uma troca de uma flacidez sem forma ,por uma cicatriz em toda a extensão proporcionando a forma desejada dos braços, escondida na face póstero. Por esse motivo, essa cirurgia é indicada somente quando estritamente necessária e quando o excesso de pele é evidente, não restando outra alternativa de tratamento como a lipoaspiração, que promove inclusive a retração da pele em casos selecionados.

Para melhor aspecto final das cicatrizes, Dr.Cláudio Lemos realiza o fechamento final dessa cirurgia com uso de cola de cianoacrilato, a fim de evitar marcas de pontos e possibilitar uma cicatriz de melhor aspecto estético.

Atualmente, Dr.Cláudio Lemos tem reservado a braquioplastia especialmente para os casos de grande perda ponderal. Casos leves de flacidez por idade têm sido submetidos a tratamentos alternativos com luz pulsada ou creme de DMAE com colágeno inodoro.

Técnica de Braquioplastia

Técnica de Braquioplastia

Ilustração de um Paciente Após uma Cirurgia de Braquioplastia.

Quando o Maior Problema é o Excesso de Gordura, com Flacidez de Pele Mínima ou Nenhuma?

Essa tem sido a situação mais frequente na Clínica de Cirurgia Plástica do Dr.Cláudio Lemos, salvo os casos de ex-obesos, que necessitam da braquioplastia propriamente dita. Assim, cada vez mais um grande número de pacientes tem se beneficiado da lipoaspiração de braços, ou hidrolipo de braços. A diferença reside na anestesia a ser realizada e se o procedimento será realizado concomitando com outra modalidade de cirurgia plástica ou de uma forma isolada.

De acordo com um dos aperfeiçoadores da técnica de lipoaspiração, Dr. Illouz, a parte que pode ser lipoaspirada de um braço compreende a parte póstero-lateral, que é justamente a que acumula mais gordura e que dá a impressão de o indivíduo ser mais “largo” ou obeso do que realmente é. Fica, então proibida a lipoaspiração da face medial do braço, sobretudo no sulco bicipital, uma vez que ali passam as artérias, veias e nervos necessários a uma boa fisiologia do braço, e a fim se se evitarem complicações.

Respeitando a técnica adequada, a cirurgia plástica de hidrolipo ou lipoaspiração de braços é uma cirurgia extremamente segura, com excelentes resultados e de satisfação extrema a pacientes que veem inclusive uma pequena flacidez de pele sofrer retração em casos selecionados, evitando-se assim a cicatriz da braquioplastia tradicional.

Quanto à quantidade de gordura a ser retirada em uma sessão de lipoaspiração de braços, esta é muito variável, podendo chegar em alguns casos a até um litro. Entretanto Dr. Cláudio Lemos se concentra principalmente no aspecto final que ficará após a remodelagem do braço do que propriamente se prender em volumes retirados. Com essa filosofia, o mais importante é o resultado satisfatório a todos do que meramente o volume, que muitas vezes é acrescido do líquido injetado na lipo que contém adrenalina para minimizar sangramento e equimoses (roxo).

P: Qual Tipo de Anestesia é Utilizado?

R: Normalmente, a anestesia utilizada para a cirurgia plástica no braço é a peridural com o uso da sedação mutuamente.

P: Como Será o Pós-Operatório?

R: O paciente permanece internado de 12 a 24hrs para observação em ambiente hospitalar. Após esse período, ele poderá retornar à sua residência normalmente na qual deverá usar uma malha modeladora para os braços de 30 a 45 dias da intervenção cirúrgica.

P: Quando São Retirados Os Pontos?

Dermabond

Dermabond

Ilustração da Cola Cirúrgica Utilizada na Braquioplastia.

 

R: Não existem pontos externos, Dr. Cláudio Lemos utiliza uma cola cirúrgica importada (PRINEO), em que não existe a necessidade de pontos externos. A Cola de Cianoacrilato foi recentemente introduzida na Cirurgia Plástica e são poucos os cirurgiões que a utilizam.

Tem Como Características Principais:

  • Facilidade de aplicação;
  • Reduz o tempo da cirurgia;
  • Diminui o risco de infecções (bactérias não crescem na cola, e ela sela a cicatriz);
  • Chega a ser sete vezes mais forte que os pontos simples na pele;
  • Tem um melhor resultado estético (não deixa marcas de pontos na pele e resulta em uma cicatriz mais fina);
  • É esteticamente mais atraente que a presença dos pontos;
  • Praticamente não permite o extravasamento de sangue que suja os curativos no pós-operatório;
  • Sua retirada, quando necessária, é praticamente indolor.

P: Quais Complicações as Mulheres Podem Ter ao Realizar esse Tipo de Cirurgia?

R: A cirurgia normalmente não apresenta riscos extra ao paciente além das convencionais, como: hematoma, infecção e deiscência de cicatriz. Em grande maioria o paciente recebe alta após o período esperado e recupera-se em casa.

P: Quais São Os Resultados Definitivos?

R: Os pacientes que realizaram o procedimento plástico apontam que o maior benefício em realizar a cirurgia é a troca do desconforto causado pelo excesso de pele no braço por uma cicatriz localizada no posterior do mesmo.

Além disso, a realização pessoal e atitude de confiança adotadas pelas mulheres após o procedimento, é uma das marcas mais significativas alcançadas pelo Dr.Cláudio Lemos.

P: O Que Deve Ser Feito Antes da Cirurgia?

R: Como em qualquer cirurgia, é de extrema importância pesquisar o histórico do profissional que irá atende-lo. Além disso, deve-se avaliar o paciente como um todo e eliminar qualquer risco.

O profissional também recomenda a hidratação, banho com sabonete Soapex ou Protex três vezes ao dia durante três meses e manter-se em jejum por 12h para alimentos sólidos e de 8h para líquidos na véspera do procedimento.

Quanto Custa Uma Cirurgia Plástica no Braço?

O custo em relação a uma cirurgia plástica no braço é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também esta resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores da cirurgia plástica no braço é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para a cirurgia plástica no braço em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor de uma cirurgia plástica no braço não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante investir em um bom profissional.

Mais Informações no Vídeo:

Marque Sua Consulta

O Dr.Cláudio Lemos é consagrado no mercado de cirurgias plásticas, atendendo singularmente cada paciente. Entender os seus desejos é seu principal diferencial e a garantia dos sucessos em procedimentos. Agende sua consulta e saiba como realizar seus sonhos estéticos.