Cirurgia de Transplante Capilar

Cirurgia de Transplante Capilar
5 (100%) 4 votos

Cirurgia de Transplante Capilar

Técnicas cirúrgicas de transplante capilar incluem enxertos com punch, mini-enxertos, micro-enxertos, e enxertos de unidades foliculares. Retalhos, expansão tecidual e redução de couro cabeludo são procedimentos indicados para pacientes que necessitam conduta mais drástica.

O Que Significa a Cirurgia de Transplante Capilar?

A queda de cabelo é causada, principalmente, pela combinação de envelhecimento, alteração hormonal e histórico familiar de calvície. Como regra geral, quanto mais cedo se inicia a queda capilar, mais severa a calvície se tornará. A queda de cabelo também pode ser causada por queimaduras ou trauma, caso em que a cirurgia de transplante capilar é considerada um tratamento reconstrutor.

Se você e seu médico chegarem à conclusão de que o transplante capilar é a melhor opção para você, fique tranquilo, pois cirurgiões plásticos credenciados já realizam este procedimento há mais de trinta anos.

A Verdade Sobre a Queda de Cabelo

Diz-se que a calvície é causada pela má circulação no couro cabeludo, deficiências de vitaminas, caspa e até mesmo pelo uso excessivo de chapéu. Todas estas teorias foram desmistificadas. Também não é verdade que a perda de cabelo esteja associada à calvície do avô materno, ou que homens de 40 anos de idade, que nunca tiveram queda de cabelo, não serão calvos.

Os Melhores Candidatos Ao Transplante Capilar

A cirurgia de transplante capilar pode melhorar a sua aparência e autoconfiança, mas, os resultados podem, não necessariamente, corresponder ao seu ideal. Antes de decidir fazer a cirurgia, pense cuidadosamente sobre suas expectativas e as discuta com o seu cirurgião. É importante entender que todas as técnicas de transplante capilar usam seu próprio cabelo. O objetivo da cirurgia é encontrar o uso mais eficiente para o cabelo existente. Candidatos à cirurgia de transplante capilar devem ter crescimento capilar saudável na parte de trás e nas laterais da cabeça para servirem como áreas doadoras. Áreas doadoras são os lugares na cabeça de onde os enxertos e retalhos são tomados. Demais fatores tais como a cor do cabelo, a textura e a ondulação também podem afetar o resultado estético. Há uma série de técnicas usadas na cirurgia de transplante capilar. Às vezes, duas ou mais técnicas são usadas para se obterem os melhores resultados. Técnicas de transplante tais como enxertos com punch, mini-enxertos, micro-enxertos, enxertos de unidades foliculares são geralmente realizadas em pacientes que desejam uma mudança mais modesta no volume do cabelo. Retalhos, expansão tecidual e redução de couro cabeludo são procedimentos indicados para pacientes que necessitam de uma área maior.

Lembre-se, há limites para o que pode ser alcançado. Um indivíduo com pouco cabelo não pode ser encorajado a se submeter à cirurgia de transplante capilar.

O Que Esperar da Consulta

A cirurgia de implante capilar é um tratamento individualizado. Para ter a certeza da opção cirúrgica mais adequada a você, procure um médico que tenha experiência realizando todos os tipos de técnicas de transplante capilar.

Na primeira consulta, o cirurgião irá avaliar o crescimento e a queda de seu cabelo, rever o seu histórico familiar de perda de cabelo, e lhe perguntará se já se submeteu a qualquer procedimento de transplante capilar. O cirurgião irá, também, lhe questionar sobre o seu estilo de vida e discutirá suas expectativas sobre a cirurgia.

Condições médicas que podem causar problemas durante ou, após, a cirurgia tais como hipertensão, problemas de coagulação do sangue, ou tendência à queloide, também devem ser verificadas pelo médico. É importante falar ao médico se você é fumante ou se toma quaisquer drogas ou medicamentos, especialmente aspirina ou demais drogas, que afetam a coagulação. Se você decidir se submeter à cirurgia, o cirurgião irá lhe explicar sobre a anestesia, o local onde a cirurgia será realizada, e os riscos e custos envolvidos. Se houver dúvidas, não hesite em tirá-las com o médico.

Pergunte sobre o procedimento a ser realizado e o tempo que irá levar. Pergunte, também, como será sua aparência ao final do procedimento. E, no caso de enxertos, como será ao final de cada etapa do tratamento.

Como é Classificada a Calvície?

Classificação da Calvice

  • Classe I – Adolescência; Não Calvo.
  • Classe II – Recessão Temporal (1,5cm).Não Calvo.
  • Classe III – Recessão Temporal Profunda. 1º Estágio de Calvice.
  • Classe IV – Maior Perda de Cabelo na Zona Frontal e Alargamento do Vértice (Ainda Existe uma Banda de Cabelo a Separar o Vértice da Frente).
  • Classe V – Áreas Carecas Crescem e a Banda Começa a Desaparecer.
  • Classe VI – A banda Desaparece Totalmente Deixando uma Única Área Careca na Frente e Topo.
  • Classe VII – Extensa Perda de Cabelo. Cabelo Apenas Atrás e Ligeiramente de Lado.

Tipos de Anestesia na Cirurgia de Transplante Capilar

A cirurgia de transplante capilar, independentemente da técnica utilizada, é realizada, geralmente, utilizando anestesia local, juntamente com sedação para que o paciente fique relaxado e se sinta confortável. Seu couro cabeludo vai ficar insensível à dor, mas você pode sentir alguns puxões ou pressão. Anestesia geral pode ser utilizada para casos mais complexos que envolvam a expansão do tecido ou retalhos.

Quais São as Técnicas de Transplante Capilar?

Existem vários nomes comerciais podendo variar bastante, mas existem basicamente dois métodos no mercado: o mais comum é o Follicular Unit Transplantation, ou FUT (Transplante de Unidade Folicular, em inglês). Esta técnica retira uma faixa do couro cabeludo da área doadora, a partir da qual são selecionadas as unidades foliculares (agrupamentos naturais de até 5 folículos capilares) que serão implantadas em pequenos orifícios feitos na área receptora.

Técnica de Transplante Capilar

O segundo método, que vem ganhando bastante popularidade nos últimos anos, é o Follicular Unit Extraction, ou FUE (Extração de Unidade Folicular, em inglês). A diferença é que essa técnica retira as unidades foliculares uma a uma, diretamente do couro cabeludo do paciente, com o auxílio de uma pequena ferramenta cilíndrica (como um canudo). A inserção das unidades na área receptora é feita da mesma forma nos dois métodos. Existe uma variação dessa técnica na qual a extração das UFs é realizada por um robô, o que ajuda a aumentar a precisão e a qualidade do procedimento.

Algumas clínicas divulgam a realização de implantes capilares a laser, mas essa técnica é considerada inferior: o laser só é utilizado na abertura dos furos onde os fios serão inseridos, e como acaba queimando os tecidos, a chance de causar perda dos folículos é maior.

O laser era mais utilizado quando as partes transplantadas eram maiores e precisavam de buracos considerados grandes para os padrões de hoje (os tufos implantados davam um efeito super artificial de “cabelo de boneca”). As unidades foliculares dos procedimentos atuais são minúsculas, e as pequenas incisões que são feitas na área receptora causam o mínimo de dano possível ao couro cabeludo.

Laser - Transplante Capilar

Recuperação da Cirurgia de Transplante Capilar e Acompanhamento do Pós-Operatório

Como você se sentirá após a cirurgia dependerá da extensão e da complexidade do procedimento. Dor, latejamento e tensão excessiva podem ser controlados com medicamento para dor prescrito pelo médico. Se bandagem for utilizada, as mesmas são normalmente removidas no dia subsequente. Você pode lavar, cuidadosamente, o cabelo dentro de dois dias após a cirurgia. Quaisquer pontos serão removidos em uma semana a 10 dias. Discuta com o seu médico a possibilidade de haver inchaço, equimose (mancha roxa) e drenagem. Como as atividades extenuantes aumentam o fluxo sanguíneo para o couro cabeludo podendo causar sangramento, você será orientado a evitar exercício intenso e esportes de contato por, pelo menos, três semanas. Alguns médicos também aconselham que a atividade sexual seja evitada por pelo menos 10 dias após a cirurgia. Para se certificar de que as incisões cicatrizaram adequadamente, o seu médico provavelmente vai querer vê-lo, várias vezes, durante o primeiro mês, após a cirurgia. É importante que você siga as orientações médicas e compareça às consultas de retorno.

Voltando Ao Normal Após a Cirurgia de Transplante Capilar

O tempo que você levará para retomar sua rotina normal depende da extensão, da complexidade e do tipo de cirurgia a qual você se submeteu. Você pode se sentir bem, o suficiente, para voltar ao trabalho e retomar as atividades normais de leve intensidade após alguns dias. Muitos pacientes que tiveram transplantes ou enxertos ficam chateados ao saber que o cabelo “novo” cai dentro de seis semanas após a cirurgia. Lembre-se de que esta condição é normal e, quase sempre, temporária. Após a queda de cabelo, serão necessárias mais cinco ou seis semanas até que o cabelo volte a crescer.

Quanto Custa uma Cirurgia de Transplante de Capilar

O custo em relação a uma cirurgia de transplante capilar é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também esta resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores de serviços é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para o mesmo procedimento em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor de uma cirurgia de transplante capilar não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante ter certeza e investir em um bom profissional.