Cirurgia de Xantelasma

Cirurgia de Xantelasma
4.6 (92.86%) 14 votos

Cirurgia de Xantelasma

A face é uma das regiões mais associadas à beleza. Mesmo as pessoas que não são tão vaidosas assim se preocupam com ela, já que está sempre à mostra. É exatamente por isso que o xantelasma pode ser um problema bastante preocupante.

O xantelasma faz com que apareçam algumas manchas na região das pálpebras, que se tornam bastante incômodas esteticamente e até mesmo podem causar algumas complicações funcionais.

Entenda melhor do que se trata essa manifestação, como é feita a cirurgia de xantelasma, quais são os resultados esperados e várias outras informações importantes sobre o assunto.

Ilustração Microscópica de um Xantelasma

Ilustração Microscópica de um Xantelasma.

 

O Que é o Xantelasma?

Antes de compreender do que se trata essa manifestação, é essencial entender o que são os xantomas.

São denominados xantomas os tumores benignos compostos por lipídios, que é um tipo de gordura do corpo. Geralmente, eles aparecem devido a algum tipo de distúrbio no metabolismo das gorduras no organismo, principalmente do colesterol.

Quando a gordura é sintetizada em excesso no organismo, os macrófagos, grandes células que se localizam nos tecidos conjuntivos, consideram-na como um corpo estranho e tentam fagocitá-la, ou seja, se alimentar dela e depois eliminá-la.

Porém, eles não conseguem eliminar tudo, e acabam se transformando em pequenos reservatórios de gordura, que podem aparecer em várias partes do corpo, como nas coxas, glúteos, pés, mãos, joelhos e cotovelos.

Quando o xantoma aparece nas pálpebras ele passa, então, a ser chamado de xantelasma.

Ilustração Demostrando Diversos Graus de Xantelasma

Ilustração Demonstrando Diversos Graus de Xantelasma.

Como se Manifestam os Xantelasmas?

Seu aparecimento se dá nas camadas mais superficiais da pele, na forma de uma mancha amarelada, esbranquiçada ou com um tom de castanho, com textura mole, mas ainda assim mais dura do que a pele. Seu tamanho nem sempre é muito grande, e eles podem afetar tanto uma pálpebra quanto as duas.

Na maioria das vezes, quando o xantelasma está presente em ambas pálpebras, nota-se um aspecto simétrico, ou seja, o tamanho e o formato das manchas tende a ser similar dos dois lados.

Ilustração Demostrando Diversos Graus de Xantelasma

Ilustração Demonstrando Diversos Graus de Xantelasma.

O Xantelasma é Perigoso?

Não diretamente. Os xantelasmas, em si, não passam de aglomerados de lipídeos, ou seja, não possuem nenhum caráter de tumor maligno ou coisa do tipo.

Porém, indiretamente, como eles aparecem em decorrência de problemas no metabolismo de gorduras por parte do corpo, é altamente recomendável que o paciente procure por ajuda médica para saber o que está acontecendo com ele.

Conforme dito anteriormente, na maioria das vezes, o colesterol em excesso (também chamado de hipercolesterolemia) é o principal causador do xantelasma. Porém, a hiperglicemia (diabetes), níveis muito altos de triglicerídeos e até mesmo doenças no fígado podem fazer com que os xantelasmas apareçam.

Portanto, em suma, o xantelasma em si não é perigoso, mas sim o que faz com que ele apareça.

Presença de uma Grande Quantidade de Lipídios no Sangue

Presença de uma Grande Quantidade de Lipídios no Sangue.

Como o Cirurgião Plástico Diagnostica o Xantelasma?

É relativamente simples de se diagnosticar um xantelasma, devido ao seu formato, textura e coloração, que são bastante peculiares. Portanto, é possível saber que se trata de um xantelasma apenas olhando para ele, na maioria dos casos.

Porém, em determinadas ocasiões, pode ser que se solicite a realização de uma biópsia, para que se tenha certeza de que se trata dessa condição. É relativamente raro que algo similar a um xantelasma seja algo mais complicado.

Ilustração de um Xantelasma Acometendo a Pálpebra Superior e Inferior

Ilustração de um Xantelasma Acometendo a Pálpebra Superior e Inferior.

 

Existe Alguma Implicação Funcional Causada Pelo Xantelasma?

Na maioria dos casos, o problema se resume à parte estética, que fica bastante prejudicada, já que os olhos ficam evidentemente alterados, devido á coloração e à textura dessas lesões.

Porém, de acordo com o tamanho e a posição do xantelasma, pode ser que o paciente tenha algumas dificuldades para abrir o olho inteiro, por exemplo, o que consequentemente prejudica um pouco sua visão. Porém, não costuma acontecer nada mais complicado do que isso.

Como Evitar o Xantelasma?

Como já foi visto, os xantelasmas aparecem em decorrência de algumas alterações no metabolismo das gorduras no organismo. Por isso, não existe uma forma de evitar o xantelasma em si, mas o que pode ser feito para manter as gorduras do corpo em um nível saudável e, consequentemente, dificultar o seu aparecimento, é o seguinte:

  • Seguir às melhores dicas de alimentação saudável, com o consumo de frutas, verduras e legumes em abundância, além de evitar frituras e outros alimentos muito gordurosos;
  • Praticar exercícios físicos regularmente, como musculação, aeróbica, caminhadas, corridas ou a prática de esportes;
  • Fazer um acompanhamento constante com um cardiologista, endocrinologista ou outro profissional, mediante a realização de hemogramas e demais exames de saúde periodicamente, para se assegurar de que os níveis de colesterol, glicemia, triglicerídeos e demais indicativos estejam dentro da normalidade.

Como Tratar o Xantelasma?

A melhor forma de se livrar dessa condição é contar com uma cirurgia de xantelasma, que visa eliminá-lo completamente da pálpebra e fazer com que o paciente volte a ter uma vida normal.

Pode até ser que, mediante algumas pesquisas na internet, se encontrem algumas receitas ou procedimentos caseiros, mas seguí-los é fortemente desaconselhável, tanto pela pequena chance de que isso efetivamente traga bons resultados quanto pelo perigo de agravar ainda mais a situação.

Como é Feita a Cirurgia de Xantelasma?

Existem diferentes tipos de tratamento de xantelasma, sendo que cada um deles possui as suas próprias características. É essencial fazer uma avaliação bem detalhada de cada caso, de modo a determinar o tratamento que for mais benéfico para cada paciente.

Ainda que se trate de uma cirurgia plástica, é essencial que ela seja feita com o máximo de cuidado e atenção possível, por um cirurgião plástico altamente capacitado, que consiga oferecer os resultados que o paciente deseja.

A escolha da melhor cirurgia de xantelasma para cada caso também pode passar pela preferência do paciente, mas é a opinião do cirurgião plástico que tem maior peso, já que todo o seu conhecimento teórico e prático o colocam em uma posição muito mais privilegiada.

Alguns métodos podem apresentar uma certa reincidência da xantelasma. Nesses casos, pode ser necessário um novo procedimento, para eliminá-la de uma vez por todas.

Tratamento Via Aplicação de Laser Sobre a Pálpebras Superior com Xantelasma

Tratamento Via Aplicação de Laser Sobre a Pálpebras Superior com Xantelasma.

Existem Riscos na Cirurgia de Xantelasma?

Toda cirurgia plástica traz consigo a possibilidade de acontecer alguma complicação, já que se trata de um procedimento invasivo. Porém, quando ele é realizado de acordo com as melhores técnicas do ramo das cirurgias, as chances de complicações são mínimas.

Além disso, a escolha de um cirurgião plástico experiente faz toda a diferença e reduz muito as chances da ocorrência de qualquer complicação.

Como é o Pós Operatório da Cirurgia de Xantelasma?

Existem alguns cuidados que podem ser tomados pelo paciente depois do tratamento de xantelasma. Eles são os seguintes:

  • Durma com a cabeça levantada no dia imediatamente seguinte à cirurgia;
  • Aplique compressas geladas na região, para amenizar o desconforto;
  • Use óculos escuros, para se proteger dos raios solares, do vento, das partículas que são carregadas com ele e também da claridade excessiva, que pode ser incômoda nos primeiros dias;
  • Evite exercícios físicos e esforços mais pesados nos primeiros dias depois da cirurgia, até que o cirurgião plástico tenha liberado, expressamente, sua realização.

Não Perca Mais Tempo!

Como você pôde ver, o xantelasma pode ser tratado de uma forma muito eficiente e que fará com que você tenha uma vida normal de novo. Por isso, passe por uma cirurgia de xantelasma com o Dr.Cláudio Lemos e se livre desse problema de uma vez por todas!

Quanto Custa uma Cirurgia de Xantelasma

O custo em relação a uma cirurgia de Xantelasma é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também está resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores de serviços é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para a cirurgia de Xantelasma em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor de uma cirurgia de Xantelasma não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante ter certeza e investir em um bom profissional.

Entre em Contato