Sculptra
4.5 (90.91%) 11 votos

Sculptra

Os cuidados com a pele são cada vez mais frequentes nos homens, que querem ficar mais belos e satisfeitos com a sua aparência. Um dos procedimentos que ajudará muito nessa questão é o sculptra, ainda não muito conhecido no Brasil, mas que proporciona efeitos muito bons na pele.

Com o sculptra, o homem poderá ter uma pele muito mais jovem, hidratada, elástica e, o melhor de tudo, com um aspecto bastante natural. A melhora será notável, e as pessoas que virem tais efeitos não conseguirão identificar que foi realizado algum tipo de procedimento, tamanha a naturalidade que a pele apresenta.

Conheça mais sobre a sculptra e veja como esse procedimento pode ser o ideal para aquilo que você procura!

Embalagem na Qual o Produto Sculptra se Apresenta

Embalagem na Qual o Produto Sculptra se Apresenta.

 

O Que é a Sculptra?

Esse é o nome comercial de uma substância chamada de ácido poli-L-lático, também conhecido como PLLA (poly-L-lactic acid, em inglês). Tal substância é totalmente biocompatível, ou seja, não apresenta nenhum tipo de incompatibilidade ou alergia com o organismo humano.

Os poliláticos também são usados em diversas aplicações médicas, como pinos, parafusos, implantes intra-ósseos e para tecidos moles. Logo, isso indica que realmente não há riscos ao utilizar o ácido poli-L-lático, desde que ele seja aplicado corretamente, é claro.

Embora não seja tão conhecido no Brasil, sua aprovação pelo FDA (Food and Drug Administration, órgão norte-americano que regula a presença de medicamentos e substâncias nos Estados Unidos) aconteceu em 2004.

De lá para cá, a substância passou a instigar os cirurgiões plásticos e demais profissionais da área da saúde, devido às suas características ímpares, entre as quais a possibilidade de ocasionar a geração de colágeno é uma delas.

Como a Sculptra Funciona?

Essa substância é comercializada em pó, cabendo ao cirurgião plástico dissolvê-la para a aplicação. Esta, por sua vez, é feita com o uso de agulhas bem finas, que possibilitam a injeção da sculptra no local que se deseja tratar.

Assim que o ácido poli-L-lático entra em contato com o organismo, este percebe a presença de uma substância estranha. Porém, a reação é bastante benéfica e é exatamente o que se almeja ao realizar sua aplicação: o organismo passa a produzir mais colágeno.

O colágeno, quando presente em maior concentração, faz com que a pele fique mais hidratada e brilhante. Além disso, seus efeitos também acabam por atenuar um pouco as rugas e linhas de expressão que não sejam tão profundas.

Ilustração do Produto Sculptra

lustração do Produto Sculptra.

 

Quais São as Principais Vantagens da Sculptra?

O ácido poli-L-lático apresenta os seguintes benefícios:

  • Possibilidade de rejuvenescer a pele sem a necessidade de uma cirurgia plástica invasiva;
  • Praticidade para a realização do procedimento, que é feito bem rapidamente, inclusive liberando o paciente para ir para casa no mesmo dia, caso não ocorra nenhuma complicação;
  • Ação natural, já que a pele aparenta um visual bem melhor sem ficar evidente que foi realizado qualquer procedimento;
  • Versatilidade, pelo fato que a aplicação pode ser feita em diferentes regiões do corpo;
  • Ausência de procedimentos demasiadamente complicados no pré ou pós operatório.

Creme Anestésico Utilizado Pelo Dr.Cláudio Lemos antes do Procedimento

Creme Anestésico Utilizado Pelo Dr.Cláudio Lemos antes do Procedimento.

Onde o Ácido Poli-L-Lático Pode Ser Aplicado?

Quando se fala sobre algum tratamento dérmico, geralmente o que vem à mente é a realização de procedimentos na face, que sempre fica exposta à ação do tempo, dos raios ultravioleta e de demais agentes.

Porém, a aplicação da sculptra pode ser feita, além da face, no pescoço, braços, coxas e glúteos. As áreas tratadas tendem a ficar com menos flacidez e celulite, o que é excelente para fins estéticos. Além disso, uma pele hidratada também é mais saudável e resistente.

A Sculptra é um Tipo de Preenchimento?

Também é comum, ao ouvir que se trata de um ácido que é aplicado por meio de agulhas bem finas em determinadas regiões do corpo, que a sculptra é utilizada para o preenchimento de lábios ou para o preenchimento de olheiras, porém isso não é verdade.

Por mais que o PLLA também ajude a amenizar linhas de expressão e rugas, sua atuação não se dá da mesma forma que o ácido hialurônico, por exemplo. Logo, os pacientes que quiserem se submeter a esse procedimento devem entender claramente que ele não atuará dessa forma.

Quanto Tempo Demora a Aplicação do PLLA?

A aplicação do ácio poli-L-lático pode demorar mais ou menos, de acordo com as necessidades de cada paciente. Aqueles que apresentarem uma pele mais ressecada e danificada precisarão de um procedimento que levará mais tempo do que naqueles cuja pele seja mais saudável e jovem, por exemplo.

Porém, a duração aproximada dessa aplicação é de 45 minutos. A sculptra é aplicada em vários pontos, e não apenas na região que tiver mais rugas, por exemplo, já que o intuito é proporcionar uma melhoria completa e uniforme.

Por Quanto Tempo Duram os Efeitos da Sculptra?

A duração dos efeitos do ácido poli-L-lático é uma das principais vantagens que se obtêm ao realizar essa aplicação, já que ela é consideravelmente maior do que a obtida por outros métodos, ainda mais por se tratar de um procedimento minimamente invasivo.

A ação do colágeno que é produzido em decorrência da aplicação de sculptra atua na pele por um período aproximado de 2 anos, de forma similar ao colágeno que é sintetizado naturalmente pelo organismo.

De Quantas Sessões eu Preciso?

A quantidade de sessões de sculptra necessárias também varia de acordo com cada paciente e suas condições. Porém, na maioria das vezes, são necessárias ao menos 3 sessões para que a ação da substância realmente faça efeito no organismo.

É importante que o paciente respeite um período de tempo entre cada uma das aplicações, que pode variar de 4 a 6 semanas. Depois da realização de 3 sessões, quando o ácido poli-L-lático já estará presente em uma boa concentração no organismo, então o paciente pode reduzir a periodicidade das aplicações, que podem cair para 1 vez ao ano.

Todas essas orientações a respeito da quantidade de sessões e do prazo que deve existir entre cada uma delas serão transmitidas pelo cirurgião plástico no momento da primeira consulta.

Quais São os Cuidados Pré e Pós Operatórios?

São vários os motivos que levam os pacientes a preferirem os procedimentos minimamente invasivos às cirurgias invasivas propriamente ditas, quando estas podem atender suas necessidades, é claro. Porém, um dos principais motivos é a praticidade encontrada no pré e pós operatório.

Antes da aplicação da sculptra, o paciente deve tomar cuidado apenas para não lesionar a região em que o procedimento será realizado, seja ela a face, as pernas ou os braços, por exemplo. Esse cuidado com lesões e machucados também deve ser observado depois da aplicação.

Existem alguns cuidados simples que o paciente deve adotar depois do procedimento, como os seguintes:

  • Fazer uma massagem na região em que o ácido poli-L-lático tiver sido aplicado, com o uso de cremes que serão recomendados pelo cirurgião plástico. Essa massagem deve ser feita por cinco minutos, duas vezes ao dia e durante uma semana.
  • As regiões em que as injeções tiverem sido realizadas podem aparentar uma certa vermelhidão. Essa manifestação não deve ser encarada como uma alergia ou inflamação, já que é uma reação normal do organismo.
  • Também é importante evitar estar em contato direto com raios solares nas regiões de aplicação, ainda mais nos dias imediatamente seguintes.

A Aplicação de Sculptra Dói?

Essa também é uma das preocupações mais comuns por parte dos pacientes, mas felizmente a aplicação não é dolorosa. A própria substância já conta com um composto que ajuda a amenizar a dor na hora da aplicação.

Aproximadamente 30 minutos antes da realização do procedimento, o cirurgião plástico aplica um creme anestésico no paciente. Assim, até a hora de fazer a aplicação, a região já estará anestesiada.

Além disso, são utilizadas compressas de gelo para diminuir a dor e o incômodo durante a aplicação, embora estes sejam bem leves.

O Dr.Cláudio Lemos é um cirurgião plástico que oferece o procedimento de sculptra aos seus pacientes, com o objetivo de que estes possam ter uma pele mais bela e rejuvenescida, porém sem abrir mão da naturalidade.

Quanto Custa um Procedimento de Sculptra

O custo em relação a um procedimento de Sculptra, é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também esta resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores de serviços é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para o mesmo procedimento de Sculptra em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor de uma procedimento de Sculptra não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante ter certeza e investir em um bom profissional.