Preenchimento de Têmporas e Supercílios

Preenchimento de Têmporas e Supercílios
5 (100%) 17 votos

Preenchimento de Têmporas e Supercílios

Têmporas fundas ou rosto encovado não combinam com juventude:

A primeira impressão causada por têmporas fundas é a de falta de saúde; de cansaço ou magreza extrema. Uma face com têmporas fundas é muitas vezes descrita como cadavérica. Um procedimento que pode resolver a situação do rosto encovado é o preenchimento de têmporas.

As têmporas foram negligenciadas nos tratamentos estéticos faciais até bem pouco tempo atrás, mas o preenchimento de têmporas chegou para modificar essa realidade.

Localizadas nas laterais da cabeça, logo acima dos ossos malares (das bochechas), as têmporas podem ser fundas constitucionais, como característica óssea do indivíduo, ou se tornarem fundas por uma série de fatores como idade, perda excessiva de peso, medicações que consumam a gordura facial ou em esportistas de alta performance.

A têmpora forma o limite lateral da região periorbital do terço superior da face. Os efeitos cumulativos da idade são particularmente evidentes nesta área, tornando-se um alvo comum para o rejuvenescimento estético.

O rosto jovem é cheio, convexo e geralmente redondo ou oval em forma com distribuição uniforme de tecido adiposo subcutâneo e profundo. Existe uma perda morfológica de plenitude com a idade, relacionada tanto com as alterações esqueléticas quanto com a atrofia dos tecidos moles, particularmente na região temporal e as regiões bucais.

O rosto jovem é cheio, convexo e geralmente redondo ou oval em forma com distribuição uniforme de tecido adiposo subcutâneo e profundo. Existe uma perda morfológica de plenitude com a idade, relacionada tanto com as alterações esqueléticas quanto com a atrofia dos tecidos moles, particularmente na região temporal e as regiões bucais.

Preenchimento de Têmporas e Supercílios

Preenchimento de Têmporas e Supercílios

Triângulo Invertido da Beleza

Ilustrações do Formato do Triângulo da Juventude Feminino.

Combata o Rosto Encovado Com o Preenchimento de Têmporas e Supercílios:

O crânio neonatal é caracterizado por um crânio significativamente grande em relação ao esqueleto facial. Com a idade, ocorre uma remodelação do esqueleto craniofacial, durante o qual a deposição seletiva e a reabsorção do osso permitem que o crânio infantil se alargue e alongue para assumir a forma adulta.

A remodelação esquelética facial é um processo dinâmico que continua durante toda a vida adulta e torna-se mais notável depois da terceira década. Após cerca de 50 anos de idade, o crânio adulto humano começa a assumir características semelhantes ao crânio infantil, com uma diminuição gradual em seu tamanho.

A mudança na taxa de deposição óssea e reabsorção leva a uma diminuição da maxila e ao aumento das órbitas ósseas.

Os efeitos gerais sobre as dimensões de um crânio humano idoso são uma redução de altura e um ligeiro aumento de largura e profundidade.

Essas alterações esqueléticas causam perda gradual de suporte ao tecido mole craniofacial e mudanças na distribuição do tecido adiposo subcutâneo, levando a sinais visíveis de envelhecimento, como o aprofundamento das dobras nasolabiais, o afundamento das pálpebras e a depressão da região temporal, o que confere um aspecto de rosto encovado.

Em termos de tecido facial, há prolapso significativo em várias regiões com idade, com perda de volume devido à depleção de gordura e diminuição do suporte subcutâneo de colágeno e elastina. Na região da testa, a borda orbital e o arco zigomático tornam-se mais evidentes, resultando em um excesso de pele orbital e temporal. Na juventude, os depósitos profundos e superficiais da gordura temporal, bem como o músculo temporal, sobrepõem-se a apoiar a área periorbital e testa lateral.

Há uma perda de fáscia temporal e redução significativa no volume da área, com a fossa temporal tornando-se cada vez mais aparente e côncava. Um efeito secundário é a perda de apoio às sobrancelhas e a descida de qualquer tecido mole remanescente, levando a Ptose da testa. A testa lateral abaixa e aplana, e isso é aumentado pela queda das pálpebras e pela formação de ruga na testa.

Muitos pacientes ignoram a perda de volume nas têmporas e mudam a forma do rosto, buscando inicialmente tratamento para grandes linhas de rugas, tais como a dobra nasolabial e ruga de testa. No entanto, a distribuição do tecido adiposo facial é um dos principais indicadores da idade, de modo que, para recuperar a aparência juvenil, é essencial restaurar a juventude.

Embora as mudanças na estrutura óssea do rosto não possam ser revertidas o praticante de estética, a perda de volume de tecido mole no rosto pode ser substituída. Tratar a depressão das têmporas revolumindo a área com enchimentos dérmicos dá um aspecto mais juvenil e tem o efeito secundário de levantar a frente lateral.

Como Age o Preenchimento de Supercílios e Têmporas?

Os preenchimentos dérmicos proporcionam uma inversão instantânea, minimamente invasiva e efetiva da perda de volume temporal. O tratamento da perda de volume temporal é melhor realizado com enchimentos de ácido hialurônico (HA), como Juvéderm. Os preenchimentos de colágeno são fluidos leves e não visíveis à temperatura ambiente.

O preenchimento de supercílios com ácido hialurônico, por outro lado, possui “viscosidade dinâmica”, com a viscosidade alterada sob diferentes níveis de pressão.

Linha de Produto Super Premium da Allegan

Dr.Cláudio Lemos só usa a Linha de Produtos Super Premium da Allergan.

Durante a injeção, os enchimentos de ácido hialurônico mantêm uma fluidez constante, mas uma vez inseridos, eles perdem a viscosidade, tornando-os estáveis e improváveis de migrar. Este tipo de enchimento é ideal para tratar as têmporas, com pouca ou nenhuma migração e rejuvenescimento imediato. É melhor sub-corrigir a região com preenchimento de ácido hialurônico e avaliar os resultados antes de decidir se é necessário um tratamento adicional, em vez de arriscar a sobre-correção.

Voluma - Produto da Linha Super Premium da Allegran

Voluma – Produto da Linha Super Premium da Allergan.

A técnica correta de preenchimento de têmporas é a chave para um resultado bem sucedido, com o preenchimento permanente geralmente injetado profundamente na depressão da têmpora, permitindo espaço para produção de colágeno e preenchimento temporário injetado em um nível mais superficial em pilares estratégicos para levantar a área.

Uma vez que os olhos e as sobrancelhas são características estéticas fundamentais, e ambos são afetados pela depressão na região temporal, preencher as têmporas tem um efeito rejuvenescedor muito importante na face.

Quanto Tempo Leva Para Realizar o Procedimento de Preenchimento das Têmporas e Supercílios?

O preenchimento de ácido hialurônico é realizado em consultório médico, após apenas 20 minutos de anestésico tópica (pomada), através de uma fina e pequena cânula (espécie de agulha com ponta romba), a qual é introduzida na região para direcionar onde o ácido hialurônico vai ser colocado. Toda a profundidade das têmporas e da cauda das sobrancelhas é então elevada, sendo projetada volumetricamente, conferindo ao terço superior da face uma maior visibilidade e beleza.

O principal objetivo do preenchimento de supercílios é inverter novamente a base do triângulo facial para cima, o qual vai se voltando para baixo durante o processo de envelhecimento, devido principalmente à absorção da gordura facial e ao aumento da flacidez cutânea. O procedimento todo dura cerca de 15 minutos e não há necessidade de pontos cirúrgicos ou de repouso, podendo o paciente retornar imediatamente às suas atividades.

O resultado é bem natural e promove a harmonização da face, encantando os pacientes pela satisfação com o tratamento e atuando contra o rosto encovado.

Quanto Custa um Procedimento de Preenchimento das Têmporas e Supercílios?

O custo em relação a um procedimento de preenchimento de têmporas e supercílios é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também esta resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores de serviços é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para o mesmo procedimento em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor de um preenchimento de têmporas e supercílios não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante ter certeza e investir em um bom profissional.