Volite
5 (100%) 32 votos

Volite

O número de homens que procuram por tratamentos estéticos vem crescendo nos últimos anos e no Brasil, a busca é mais evidente. O público masculino busca por procedimentos estéticos ligados aos cuidados com a pele, para manter a aparência sempre jovem com objetivo de melhorar a autoestima.

Entre as diversas opções, o Volite é o mais novo tratamento que chega ao mercado como procedimentos minimamente invasivos masculino que permite o paciente voltar às suas atividades o mais rápido sem grandes restrições no pós-tratamento.

O Volite, produto criado pela Juvéderm fabricante do Botox possui ácido hialurônico, capaz de combater rugas e marcas de expressão na pele que começam a surgir a partir dos 25 anos de idade. Presente naturalmente na pele, o ácido hialurônico ligado à água estimula a produção de colágeno, hidratando a pele, com produção até os 25 anos, quando os níveis sofrem uma queda e ocorre o envelhecimento natural.

O Volite é injetável por uma agulha muito fina, cerca de 1ml de ácido hialurônico é aplicado em uma série de pontos. O procedimento ainda conta com o uso de uma substância chamada Lignocaína, suavizando a aplicação sem desconforto.

Ilustração Demonstrando a Seringa do Produto Volite

Ilustração Demonstrando a Seringa do Produto Volite.

O Que Faz o Volite ser um Produto Diferenciado?

O Volite é diferente dos tratamentos mais agressivos como aplicações de peeling e outros métodos de cirurgia plástica, pois proporciona alto grau de elasticidade na pele com o mínimo de inchaço e resultados mais evidentes e satisfatórios logo após as aplicações.

O Volite atinge camadas profundas da derme, melhorando a densidade da pele e rejuvenescendo marcas e linhas de expressão. Uma única aplicação não é suficiente, o procedimento exige um curto tratamento com a duração de resultados de nove meses. Em pesquisas com pacientes que usaram o produto os resultados são expressivos:

  • 91% dos pacientes estão mais satisfeitos com o resultado;
  • 96% apresentam bochechas mais macias após as aplicações;
  • Após 6 meses, pacientes ainda apresentavam sinais e observam melhoras do tratamento inicial.

Ilustração de uma Face Masculina Durante o Procedimento

Ilustração de uma Face Masculina Durante o Procedimento.

 

Benefícios da Aplicação do Volite Para Homens

  • Quanto Mais Cedo Melhor – O tratamento é ideal para homens a partir de 25 anos, quando as marcas de expressão e linhas finas ainda não estão consolidadas. Funcionando como prevenção, quanto mais cedo realizado, maiores são as chances de prevenir o aparecimento de rugas.
  • Resultados Mais Naturais – Por sua ação em diversas camadas da pele, o ácido hialurônico injetável é diluído entre as células cutâneas, repondo os níveis perdidos naturalmente, permitindo uma aparência mais natural.

Ilustração Demonstrando a Caixa do Produto Volite

Ilustração Demonstrando a Caixa do Produto Volite.

Cuidados Antes do Tratamento

  • Evite o uso de álcool 24 horas antes da consulta médica;
  • Certifique-se de informar seu médico sobre o uso de qualquer tipo de medicamento, em especial Wafarin, aspirina ou qualquer outro medicamento anticoagulante;
  • Não é recomendado injetar Volite em pacientes com a utilização de antibiótico em curso;
  • O tratamento não é indicado para pacientes que tomaram a medicação Roacutan nos últimos seis meses.

Cuidados Após a Aplicação

  • Qualquer área levantada no local da injeção desaparece dentro do intervalo de 1 a 2 horas após o tratamento;
  • Contusões, vermelhidão e sensibilidade no local da aplicação são comuns e em alguns dias desaparecerão;
  • Evite o consumo de álcool nas primeiras 12 horas após o tratamento;
  • Evite o exercício físico nas primeiras 48 horas após o tratamento;
  • Evitar aplicar maquiagem no período de 12 horas;
  • Evite a exposição solar extrema, luz UV, temperaturas congelantes e saunas por pelo menos duas semanas.

Formado pelo Instituto Ivo Pitanguy, o Dr.Cláudio Lemos é reconhecido no Rio de Janeiro por apresentar cases de procedimentos minimamente invasivos e cirurgias plásticas com satisfação total de seus clientes.

Em contínua vontade de aprender a aprimorar técnicas, Dr. Cláudio Lemos possui experiências internacionais com cursos em renomados institutos americanos, proporcionando aos seus clientes resultados satisfatórios equilibrados com a saúde do corpo e da mente. Especialista em procedimentos minimamente invasivos masculinos como o Volite, Dr. Cláudio Lemos é o profissional ideal para realizar os seus sonhos de manter a pele sempre jovem.

Quanto Custa um Procedimento de Volite

O custo em relação a um procedimento de volite é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também esta resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores de serviços é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para o mesmo procedimento de volite em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor de um procedimento de volite não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante ter certeza e investir em um bom profissional.