Preenchimento Cutâneo

Preenchimento Cutâneo
5 (100%) 6 votos

Preenchimento Cutâneo

O preenchimento cutâneo é uma técnica utilizada para a correção de sulcos, rugas e cicatrizes. Consiste na injeção de substâncias sob a área a ser tratada de modo a causar a sua elevação, levando à diminuição da sua profundidade, com melhora do aspecto. Essa técnica, desenvolvida por dermatologistas, pode ser realizada no consultório, sendo um procedimento rápido e que, na maioria das vezes, não necessita mesmo de anestesia. Se desejado, podem ser utilizados anestésicos tópicos, sob a forma de cremes, aplicados 30 a 60 minutos antes do preenchimento, para atenuar a sensação da picada da agulha.

A correção mais frequente é a do sulco nasogeniano (aquele que se acentua com o sorriso) ou os sulcos ao redor dos lábios. Também podem ser corrigidos alguns tipos de cicatrizes de acne e rugas profundas na região dos pés-de galinha. Pode-se promover também o aumento do volume dos lábios.

Existem várias modalidades de preenchedores: temporários ou definitivos. Enquanto os primeiros são degradados pelo organismo num determinado período de tempo, variável, que pode durar de 8 meses a 18 meses, dependendo da substância a ser utilizada, os definitivos contêm substâncias que nosso organismo não consegue degradar. Esses são os que apresentam um risco maior de complicações.

Preenchedores:

  • Ácido Hialurônico (Restylane, Perlane, Juvèderm, Perfectha, entre outros): é atualmente considerado um dos produtos mais seguros para a realização do preenchimento cutâneo e, por isso, tem sido muito utilizado. Apesar de ser produzido em laboratório, o ácido hialurônico é um componente natural da derme, segunda camada da pele, não causa alergias e dispensa testes prévios. A duração do preenchimento varia de 6 a 12 meses, sendo necessária nova aplicação após este período. É muito utilizado para o preenchimento dos sulcos nasogenianos e para aumento dos lábios e para aplicação em rugas finas, como aquelas ao redor dos olhos ou dos lábios (“rugas dos fumantes”);
  • Metacrilato: é um preenchedor definitivo. Por não ser reabsorvido pelo organismo, seus resultados são duradouros e é mais utilizado para correção de sulcos profundos e para alteração do contorno corporal. A substância é aplicada mais profundamente. Alguns produtos comerciais necessitam de teste prévio por conterem pequena quantidade de colágeno em sua fórmula;
  • Silicone Médico (Siloxane): é um preenchedor definitivo utilizado para o preenchimento de sulcos nasogenianos, contorno labial, correção de cicatrizes de acne. Atualmente proibido no Brasil, em parte, devido ao seu mau uso no passado, por leigos. Nos EUA, onde por hora encontra-se proibido, aguarda liberação pelo FDA;
  • Preenchimento Cutâneo Com Gordura ou Lipoenxertia:com gordura ou lipoenxertia: Uma variação desta técnica é o auto enxerto de gordura, na qual retira-se gordura de uma área do corpo onde esteja em excesso (através de lipoaspiração) e injeta-se sob a ruga, elevando-a. Exige anestesia e outros cuidados para a obtenção do material gorduroso a ser injetado. A gordura retirada será então aproveitada para o preenchimento cutâneo. Uma parte da gordura injetada é reabsorvida, porém, boa parte dela permanece definitivamente no local. A técnica tem sido chamada de lipoescultura;Preenchimento Com Derme: A derme é a segunda camada da pele, que dá sustentação à epiderme. Um enxerto dessa camada da pele é cirurgicamente obtido e aplicado através de pequenos cortes nas áreas receptoras, como sulco nasogeniano e cicatrizes de acne, em geral;
  • Advanta: é um implante de PTFE, semelhante a um canudo, mole e flexível, utilizado para preenchimento definitivo de sulco nasogeniano e aumento de lábios. É introduzido através de pequenos cortes, sob a pele e requer anestesia local.

De modo geral, os preenchedores podem ser aplicados com anestesia local. Podem levar a um inchaço que dura de 24 a 48 horas e equimoses (manchas roxas). Existe risco de reações inflamatórias variáveis de acordo com o tipo de implante a ser colocado.

O Tratamento das Rugas Com Preenchimento Cutâneo

O método indicado para tratar essas rugas e devolver a hidratação da pele, contorno e estrutura facial perdidos com o passar do tempo é o preenchimento de rugas facial de ácido hialurônico, um dos tratamentos estéticos mais realizados no mundo.

Juvéderm

Juvenderm Voluma com Lindocaine

O método indicado para tratar essas rugas e devolver a hidratação da pele, contorno e estrutura facial perdidos com o passar do tempo é o preenchimento de rugas facial de ácido hialurônico, um dos tratamentos estéticos mais realizados no mundo.

É o preenchedor de ácido hilaurônico da Allergan, feito a base de ácido hialurônico, substância presente em nosso organismo.

É feita no próprio consultório e sua duração varia de 12 a 24 meses, dependendo do produto utilizado, do metabolismo do paciente e da área tratada. Além disso, por conter lidocaína em sua formulação, o procedimento se torna muito mais confortável.

O resultado é natural e tem o objetivo de realçar sua beleza, seja para o rejuvenescimento facial, com o tratamento das rugas e vincos formados ou para corrigir assimetrias no lábio, dar contorno e até mesmo volume, se esse for seu desejo.

Além do benefício da naturalidade e durabilidade, logo após o procedimento você pode retornar as suas atividades normalmente.

Importante lembrar que, toda a linha Juvéderm é devidamente aprovada pela Anvisa, garantindo mais uma vez a sua segurança.

Juvenderm Voluma Já com Lindocaina

Quanto Custa Um Procedimento de Preenchimento Cutâneo?

O custo em relação a um procedimento de preenchimento cutâneo é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também esta resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores de serviços é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para o mesmo procedimento em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor de uma cirurgia plástica não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante ter certeza e investir em um bom profissional.

Entre em Contato