Cirurgia de Lipoma

Cirurgia de Lipoma
4.4 (88.18%) 22 votos

Lipoma

O Que é Lipoma?

Um lipoma é um nódulo benigno caracterizado pelo acúmulo de tecido adiposo, que são células maduras de gordura macias ao toque e na maior parte das vezes móveis e indolores. Sua ocorrência afeta aproximadamente 1% da população mundial e a presença de pele sobre a lesão é normal e não tem nenhum tipo de ligação com o tumor.

Geralmente, esses pequenos tumores na pele se encontram no tecido subcutâneo, embora possam aparecer em órgãos internos em casos mais raros e apresentam pouca morbidade ou dificuldade diagnóstica. A maioria dos pacientes relata uma lesão que cresce em ritmo lento durante muito tempo e não provoca incômodo.

Lipomas

Ilustração de Lipomas em Região do Tórax.

 

O desenvolvimento do lipoma pode ocorrer em qualquer idade. A causa exata de sua formação é desconhecida e eles são frequentemente hereditários, o que faz com que fatores genéticos contribuam para seu desenvolvimento.

Fatores de Risco Para o Desenvolvimento de Lipomas

Há uma série de fatores que pode acarretar no desenvolvimento desses pequenos tumores na pele, como:

  • Idade do paciente, que geralmente os desenvolve na faixa etária de 40 a 60 anos;
  • Doenças como adipose dolorosa, síndrome de Cowden, síndrome de Gardner e deformidade de Madelung têm mais chances de desenvolver lipomas múltiplos;
  • É senso comum de vários cientistas que sua causa possa ser pós-traumática.

Lipomas Solitários e Múltiplos

Lipomas solitários são os mais comuns. Geralmente, eles são subcutâneos, superficiais e pequenos, acometem mais mulheres do que homens e se encontram no tronco, nos braços e nas coxas, embora possam aparecer em todas as partes do corpo que tenham gordura. Já lipomas múltiplos são mais comuns em homens.

Lipomas Solitários

Ilustração de Lipomas na Região do Tórax.

 

Seu tamanho pode aumentar com o ganho de peso, embora geralmente não regridam quando esse peso é perdido. Ainda que a maioria dos lipomas tenha diâmetro de até 1 cm, em alguns casos eles podem ser maiores do que 20 cm.

Lipomas Solitários

Foto de um Lipoma Após a sua Retirada.

Tipos de Lipoma:

    • Tumores Benignos – são constituídos por tecidos gordurosos, tecidos fibrosos ou estruturas vasculares e colágeno. A maior parte dos casos não exige tratamento, a menos que cause algum aborrecimento ao paciente devido à compressão dos nervos;
    • Angiolipomas – geralmente crescem no peito ou no braço de pessoas mais jovens. Seu nome provém das estruturas vasculares complexas que geralmente estão presentes;
    • Lipomas Subcutâneos – na maior parte das vezes, massas imóveis e indolores que ficam embaixo da pele. Seu diâmetro pode chegar até a 2 cm;
    • Lipomas Pleomórficos – comumente se encontram na parte traseira do pescoço, nos ombros e na região superior das costas. Seu conteúdo de gordura varia entre 10% e 90%.

Lipomas Pleomórficos

Foto de um Lipoma na Região Dorsal.

 

  • Lipomas de Células Fusiformes – variante incomum de tumores lipomatosos atípicos, confundido muitas vezes com um lipoma benigno de células fusiformes. Geralmente aparecem em pessoas com idade entre 45 e 70 anos;
  • Fibrolipomas – combinação de tecido fibroso e adiposo. Aparecem geralmente em volta dos lábios ou da boca ou até mesmo no trato gastrointestinal;
  • Mielolipomas – pequenos tumores na pele feitos por glóbulos brancos e plaquetas, embora também contenham tecido adiposo. Seu desenvolvimento na maioria das vezes ocorre separadamente na parte interna ou externa das glândulas adrenais. Comumente aparecem em homens com idade entre 40 e 60 anos e seus portadores podem perceber a presença de sangue na urina, dor quando o órgão é comprimido e pressão alta;
  • Lipomas Racemosos – massas não rodeadas por cápsulas. Sua remoção deve ser feita juntamente a todo o tecido adiposo;
  • Lipossarcomas – câncer incomum que ocorre no tecido gorduroso. Geralmente é desenvolvido na virilha, na perna, fora da região do quadríceps e na parte anterior do abdômen;
  • Os lipomas também são classificados de acordo com o lugar onde se encontram e podem ser intestinais, cardíacos, viscerais, meníngeos, gástricos, palmares, sacrais, subcutâneos e do filum terminal.

Quais Os Sinais e Sintomas do Lipoma?

Os lipomas podem ser únicos ou múltiplos e o tamanho deles é variável, indo de meio centímetro a vários centímetros. Em sua maioria são tumores pequenos.

Em geral, os lipomas são assintomáticos, mas podem se tornar dolorosos. São lesões percebidas no exame clínico do paciente, através das queixas, da inspeção e da palpação. Os lipomas são tumores de consistência mole, fazem relevo sob a pele, são móveis e palpáveis. Outras lesões subcutâneas podem ser confundidas com lipomas, inclusive lesões malignas, como sarcomas e metástases cutâneas.

Diferenças Entre Lipoma e Cistos Sebáceos

Cistos sebáceos são compostos por uma substância conhecida como sebum, enquanto os lipomas são compostos por células adiposas. Os sintomas e o tratamento de ambas doenças são similares, bem como seu tratamento, que é a realização de uma cirurgia para retirada da cápsula fibrosa.

Cirurgia de Lipoma – Tratamentos e Remoções

Não é necessário tratamento e remoção do lipoma, a menos que o tumor comece a doer ou restrinja movimentos. Muitas pessoas fazem a remoção do lipoma por questão estética. Entretanto, se o lipoma não for totalmente removido durante a cirurgia, ele pode crescer novamente. Lipomas são geralmente removidos através de uma excisão simples, porém a liposucção é outra opção caso o lipoma seja macio e tenha tecido conectivo pequeno. A liposucção geralmente resulta em cicatriz menor, porém tem maior tendência a não remover o lipoma inteiramente. Caso a paciente sinta algum incômodo físico ou estético, a melhor opção que pode ser tomada é a cirurgia de lipoma, que visa resolver todos esses problemas.

Cirurgia de Lipoma

Foto de um Lipoma na Face Interna da Coxa.

 

A Cirurgia de Lipoma é Feita em Regime Ambulatorial?

A maior parte das cirurgias é feita sob esse regime, já que é preciso apenas uma excisão cirúrgica bem pequena para que o lipoma seja dissecado do tecido circundante. Existem lipomas em topografias complexas e de tamanhos extensos, estes precisam e devem ser operados em centro cirúrgico.

A Cirurgia de Lipoma Pode ser Realizada Através de uma Lipoaspiração?

Em alguns casos, pode-se realizar lipoaspiração do lipoma. Por vezes, o lipoma se localiza por baixo da fáscia muscular, dentro ou abaixo do músculo, o que dificulta a remoção do tumor pela técnica tradicional e impede também a lipoaspiração.

Como o Médico Diagnostica o Lipoma?

O diagnóstico do lipoma é realizado através de exame clínico e complementado por um exame de imagem como ultrassonografia ou ressonância magnética. Após sua retirada, o material é enviado para análise anatomopatológica para confirmação diagnóstica.

Há Algum Exame de Imagem Que Pode Inferir Exatamente a Presença de um Lipoma ou Tumor Maligno?

O diagnóstico dos tumores malignos na pele pode ser feito através de três características individuais da ressonância magnética, que são o sinal heterogêneo em T2, a invasão ou o edema em volta do tumor, conhecido como edema perilesional e a invasão ou necrose dos tumores.

Exame de Imagem de Lipoma

Foto de um Lipoma em Membro Superior.

 

Como Ter Certeza de Que é um Lipoma?

Para que se assegure a presença de um lipoma, é preciso a realização de uma biópsia com posterior exame histopatológico.

Como Prevenir o Lipoma?

Até o momento, não há como prevenir este tipo de patologia.

Lipomas

Foto de Vários Lipomas Retirados de um Mesmo Paciente.

 

Lipomas São Tumores Malignos?

Não. Lipomas são tumores benignos que se encontram nas partes moles do corpo. A maior parte dos lipomas não inspira nenhum cuidado especial ao paciente.

A Dor Causada Pela Cirurgia de Lipoma é Muito Grande?

Não. A cirurgia geralmente é limitada a pequenas partes do corpo e não causa muitos traumas ao organismo. Já cirurgias maiores causam um pouco mais de dor, embora não seja nada extraordinário.

Os Cuidados Pós-Operatórios São Muito Intensos?

Não. Eles são bem simples e podem ser feitos apenas com a administração de analgésicos.

Lipomas Podem se Tornar em Câncer?

É muito raro que isso aconteça. Acredita-se que pequenos tumores na pele que sejam malignos possam ser confundidos com lipomas em seu início, o que pode dar a impressão que eles tenham se transformado.

Quando São Retirados os Pontos Após a Cirurgia Plástica de Retirada de Lipoma?

Não existem pontos externos na cirurgia do lipoma, Dr.Cláudio Lemos utiliza uma cola cirúrgica importada (PRINEO), em que não existe a necessidade de pontos externos. A Cola de Cianoacrilato foi recentemente introduzida na Cirurgia Plástica e são poucos os cirurgiões que a utilizam.

Dermabond

Foto de uma Cola Cirurgica Utilizada na Cirurgia.

Quanto Custa a Cirurgia de Lipoma?

O custo em relação a uma cirurgia de lipoma é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também esta resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores de serviços é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para o mesmo procedimento em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor da cirurgia de lipoma não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante investir em um bom profissional.