Cirurgia Pós-Bariátrica

Cirurgia Pós-Bariátrica
5 (100%) 6 votos

Cirurgia Pós-Bariátrica

Cirurgia Pós Bariátrica (Cirurgia Pós Gastroplastia)

Cirurgia Pós-Bariátrica

Ilustração Clássica de um Paciente Masculino com Excesso de Pele Após Realizar a Cirurgia Bariátrica.

Pacientes que se submeteram a gastroplastia e tiveram grande perda de peso normalmente têm muita dificuldade em lidar com o excesso de pele e tecido, que é inerente após uma perda ponderal importante. Apesar de a cirurgia bariátrica ter melhorado sua saúde e aparência, muitas vezes um lifting corporal pós gastroplastia (cirurgia pós bariátrica) é necessário como passo final do processo de rejuvenescimento.

A Cirurgia Pós Bariátrica (Cirurgia Pós Gastroplastia)

Cirurgia Pós-Bariátrica

Ilustração da Brusca Redução Corporal Após a Cirurgia Bariátrica.

 

O procedimento pode ter várias formas: pode ser tão simples quanto uma lipoaspiração e pequena retirada de excesso de pele, como pode ser uma completa remodelagem corporal. O processo de decisão de quais cirurgias associadas seriam necessárias é importante para o resultado final. Dr.Cláudio Lemos agenda uma consulta inicial onde discute as várias modalidades de tratamento possíveis, enquadrando as melhores indicações para cada paciente.

A Cirurgia pós-bariátrica envolve múltiplas técnicas cirúrgicas, que incluem lipoaspiração, retirada de excesso de pele e gordura das diversas áreas do corpo acometidas pela flacidez. Devido ao fator de ser um procedimento normalmente grande, os pacientes precisam estar com boa saúde para se submeter ao tratamento, que normalmente tem sua indicação a partir de um ano e meio após a gastroplastia. Normalmente se realiza um lifting corporal associado a outros procedimentos, como mastopexia com prótese, lifting de coxas, lifting de braços e outros, para conseguir uma adequada remodelagem corporal.

Quando Poderei Realizar a Cirurgia Plástica Após a Gastroplastia?

Cirurgia Pós-Bariátrica

Ilustração Clássica de um Paciente Masculino com Excesso de Pele Após Realizar a Cirurgia Bariátrica.

 

Normalmente, é necessário esperar a adaptação do peso corporal após a gastroplastia. A curva de perda de peso é bastante acentuada nos primeiros meses, diminuindo com o tempo. Em seguida, ganham-se alguns quilos e o peso se estabiliza e deve se manter assim. Isso leva de um ano a um ano e meio para ocorrer, e é nesse período em que podemos realizar a cirurgia plástica após a cirurgia bariátrica.

Quais as Cirurgias Plásticas Mais Realizadas Após uma Grande Perda de Peso Depois da Gastroplastia?

As Cirurgias Plásticas Mais Procuradas Nesses Casos São:

  • Mamoplastia (com ou sem próteses de silicone);
  • Abdominoplastia (podendo ser a clássica ou em âncora);
  • Lifting de coxas (lifting crural);
  • Braquioplastia (cirurgia plastica dos braços);
  • Torsoplastia (lifting do dorso);
  • Gluteoplastia (implantes de silicone nos glúteos);
  • Lipoaspiração.

Quando a Abdominoplastia é Realizada em Conjunto Com a Torsoplastia, Denominamos de Lifting Corporal (Body Lifting).

Quais os cuidados nutricionais que são tomados antes da cirurgia plástica pós gastroplastia?

Dr.Cláudio Lemos solicita alguns exames de sangue para saber se o paciente apresenta anemia (ou diminuição dos estoques de ferro e vitamina B12), hipoproteinemia (diminuição da albumina, que é a “cola” da cicatriz), ou, eventualmente, desnutrição de alguns outros componentes importantes, como magnésio, cálcio, fósforo e zinco, caso seja necessário.

Para o caso de anemia, dependendo de qual técnica de gastroplastia foi utilizada, pode ser necessário fazer uso de Noripurum Fólico por via endovenosa se o suplemento via oral não surtir efeito. A reposição de albumina pode ser feita com a ingestão de barras de proteínas, com omelete de claras de ovos, ou mesmo com albumina em pó misturada em suco ou no Toddy. Outros eletrólitos já citados podem ser repostos com complemento vitamínico, como o Centrum ou Pharmaton.

Minha Cicatrização Está Prejudicada Por eu Ter Feito a Gastroplastia?

Não, desde que a análise laboratorial descrita acima mostre que não há desnutrição ou falta de nenhum componente essencial para a cicatrização.

Mamoplastia Após a Gastroplastia (Cirurgia Plástica de Mamas)

É muito comum, após perder muito peso, o paciente se incomodar com a queda importante sofrida pelas mamas, além da diminuição do seu volume. Na maioria das vezes, as aréolas também se apresentam em uma posição bem baixa e, por vezes, localizadas na curvatura das mamas, encostando no tórax. A mamoplastia após a gastroplastia tem o objetivo de levantar as mamas, restabelecendo o volume com próteses de silicone (necessárias na maioria das vezes, mas nem sempre) e aumentar a autoestima feminina.

A Cirurgia de Mamoplastia Após a Gastroplastia

A mamoplastia normalmente é realizada seguindo a técnica clássica do Professor Pitanguy, que resulta em uma cicatriz em “T”, que normalmente tem bom aspecto no final. Como já mencionamos, na maioria dos casos é necessária a colocação de próteses de silicone, pois as mamas costumam apresentar uma flacidez importante de pele com perda de conteúdo. Além disso, após essa perda de peso, o conteúdo mamário acaba tendo um conteúdo gorduroso muito importante em relação à glândula, que resulta em falta de firmeza. Os implantes de silicone dão conteúdo e a firmeza que faltam. A recuperação e os cuidados são semelhantes àqueles de uma cirurgia plástica de mamoplastia com próteses.

Abdominoplastia após a Gastroplastia (Cirurgia Plástica do Abdômen)

O excesso de pele e gordura que ocorrem após a gastroplastia são, no abdômen, não somente no sentido vertical (de cima para baixo), mas também no sentido circunferencial (ao redor, na cintura). Assim, cada caso é avaliado pelo Dr.Cláudio Lemos, que decide juntamente com o paciente se sua cirurgia plástica de abdômen será realizada pela técnica clássica (que trata apenas o excesso longitudinal), ou pela técnica em âncora, também denominada Flor-de-Lis. Esta última resulta em uma cicatriz em “T” invertido no abdômen, mas trata a flacidez tanto no sentido longitudinal, quanto no circunferencial. É reservada para os casos mais severos.

A Cirurgia Plástica de Abdômen Após a Cirurgia Bariátrica

Essa cirurgia ocorre normalmente, independente da técnica utilizada, e tem a mesma recuperação que em pacientes que não tiveram grande perda ponderal. A única diferença pode residir na necessidade de um tempo um pouco maior da presença do dreno aspirativo no abdômen, podendo este permanecer de sete a dez dias. Outro detalhe importante é que na técnica em âncora não há descolamento, para se diminuir a formação de seroma.

Lifting Crural (de Coxas) Após a Gastroplastia

Essa cirurgia é realizada pelo Dr.Cláudio Lemos e começa, na maioria das vezes, com uma lipoaspiração da face interna do terço superior das coxas, diminuindo o peso do retalho e facilitando a retirada de pele nas coxas ao nível das virilhas. A retirada do excesso de pele pode ser realizada resultando em uma cicatriz ao longo das virilhas, somente (técnica escolhida na maioria dos casos), ou com um prolongamento na face interna das coxas, podendo se estender até os joelhos (para os casos de flacidez severa).

Braquioplastia (Cirurgia Plástica de Braços, após a Gastroplastia)

A braquioplastia torna-se necessária, após a perda de peso importante, devido à possibilidade de flacidez nos braços a ponto de dificultar o uso de roupas justas ou causar constrangimentos com determinados movimentos com os braços. A cirurgia nesses casos, na maioria das vezes, resulta em uma cicatriz longitudinal (ao longo da face interna dos braços), que pode se estender da axila ao cotovelo. Nos casos mais leves, pode-se realizar apenas uma lipoaspiração na face póstero-lateral dos braços, sem deixar cicatrizes aparentes.

P: Quando São Retirado Os Pontos?

R: Não existem pontos externos, Dr.Cláudio Lemos utiliza uma cola cirúrgica importada (PRINEO), em que não existe a necessidade de pontos externos. A Cola de Cianoacrilato foi recentemente introduzida na Cirurgia Plástica e são poucos os cirurgiões que a utilizam. Tem como características principais:

  • Facilidade de aplicação;
  • Reduz o tempo da cirurgia;
  • Diminui o risco de infecções (bactérias não crescem na cola, e ela sela a cicatriz);
  • Chega a ser sete vezes mais forte que os pontos simples na pele;
  • Tem um melhor resultado estético (não deixa marcas de pontos na pele e resulta em uma cicatriz mais fina);
  • É esteticamente mais atraente que a presença dos pontos;
  • Praticamente não permite o extravasamento de sangue que suja os curativos no pós-operatório;
  • Sua retirada, quando necessária, é praticamente indolor.

Lipoaspiração Após a Gastroplastia (Lipo Após a Cirurgia Bariátrica)

Quando a perda de peso, apesar de grande, ainda deixou algumas gorduras localizadas e sem muita flacidez de pele, pode-se realizar a lipoaspiração nessas áreas, com excelentes resultados. Deve-se apenas ter em mente os limites de volume (5 a 7%) e de superfície corporal (40%) para que o procedimento de lipoaspiração seja feito com toda a segurança. Áreas do corpo que podem ser lipoaspiradas incluem submento (papada), dorso, flancos, abdômen, culotes, face interna de coxas, joelhos e região pré-axilar.

Gluteoplastia (Cirurgia Plástica de Implantes de Silicone nos Glúteos)

Com a perda de peso após a gastroplastia, a flacidez e falta de volume nos glúteos podem incomodar. A solução é a colocação de implantes (próteses) de silicone nos glúteos, o que tem tido uma procura crescente na Clínica . A cirurgia plástica dos glúteos é realizada com uma incisão entre os glúteos, sem deixar cicatrizes aparentes. As próteses de silicone são colocadas no meio dos músculos dos glúteos, resultando em uma projeção homogênea e atraente do bumbum. Como detalhe desta cirurgia, os pacientes precisam ficar um mês sem se sentar, mas a maioria não sente dificuldade e se regozija com a excelência dos resultados dessa cirurgia plástica.

Torsoplastia (Cirurgia Plástica do Dorso)

Essa cirurgia é normalmente realizada em continuação com a abdominoplastia e resulta em uma cicatriz baixa, nas costas, semelhante à da abdominoplastia, para tratar a flacidez ao nível da cintura, nas costas. Quando a flacidez é alta, acima dos flancos posteriores, e incomodam na hora de usar sutiã, pode-se realizar uma retirada de pele gordura nas costas num nível mais alto, resultando em uma cicatriz escondida pelo soutien de cada lado.

Quanto Custa uma Cirurgia Pós-Bariátrica?

O custo em relação a uma Cirurgia Pós-Bariátrica é uma das perguntas mais frequentes que recebemos na nossa página do site e através dos nossos telefones. É bem difícil encontrar também esta resposta na internet, a não ser que um paciente revele, e mesmo assim, o valor varia de pessoa para a pessoa por diversos motivos. A prática de divulgação de valores de serviços é vetada pela lei. Segundo a RESOLUÇÃO 1.974/11 do CFM, 6. Proibições gerais – XIV: (…) é vedado ao médico: divulgar preços de procedimentos, modalidades aceitas de pagamento/parcelamento ou eventuais concessões de descontos como forma de estabelecer diferencial na qualidade dos serviços.

Em relação ao valor variar de pessoa para pessoa e de clínica para clínica, conforme a RESOLUÇÃO CFM Nº 1.836/2008, Art. 3º: Cabe ao médico, após os procedimentos de diagnóstico e indicação terapêutica, estabelecer o valor e modo de cobrança de seus honorários, observando o contido no Código de Ética Médica, referente à remuneração profissional. A clínica e o cirurgião plástico não vendem um produto e sim um serviço, e esse serviço é personalizado, cada paciente vai ter a sua particularidade, um diferente resultado, uma complicação de saúde que merece atenção redobrada, uma expectativa e até mesmo métodos diferentes para o mesmo procedimento em outra pessoa, por exemplo.

Parece simples, mas o valor de uma cirurgia plástica não é tabelado. Depende de uma série de fatores e para o cirurgião poder avaliar todos esses fatores, ele necessita, invariavelmente, de uma consulta. Além dos honorários médicos, outros custos estão envolvidos, como honorários do anestesista, instrumentador (a), cirurgião auxiliar, custos da clínica/hospital (que podem variar dependendo do material utilizado; se o paciente precisa passar a noite, ou se precisa uma diária extra, eventualmente), valor da prótese entre outras necessidades do procedimento. A decisão de submeter-se a uma cirurgia plástica deve ser bem pensada. A economia em alguns casos pode significar um problema muito grande no futuro, por isso é importante ter certeza e investir em um bom profissional.

Mais Informações no Vídeo:

Video explicativo sobre a cola cirúrgica que Dr.Cláudio Lemos utiliza no procedimento.

Entre em Contato