Procedimentos Minimamente Invasivos

Procedimentos Minimamente InvasivosProcedimentos Minimamente Invasivos
Procedimentos Minimamente Invasivos
5 (100%) 5 votes

O interesse por mudanças no corpo não para de crescer conforme o tempo passa. Porém, muitas pessoas desconhecem a existência dos procedimentos minimamente invasivos, que são uma excelente alternativa às cirurgias plásticas convencionais, porém com características diferentes.

Existem diversos procedimentos minimamente invasivos disponíveis atualmente, que podem melhorar ainda mais a qualidade de vida de praticamente todas as pessoas e, o melhor de tudo, com menos cuidados necessários do que uma cirurgia plástica.

O Que São os Procedimentos Minimamente Invasivos?

Um procedimento minimamente invasivo se trata de uma intervenção cirúrgica que não agride ou invade intensamente o corpo do paciente, ou seja, não ocasiona um grande trauma tecidual. Logo, elas eliminam a necessidade de uma cirurgia propriamente dita.

O preenchimento de queixo, preenchimento de olheiras, peeling químico, preenchimento de lábios e 8 point lift são alguns desses procedimentos, muito mais tranquilos para os pacientes e que apresentam excelentes resultados.

Quais São os Benefícios dos Procedimentos Minimamente Invasivos?

Com um procedimento minimamente invasivo, o paciente não precisa passar por uma internação, diferente do que ocorre nas cirurgias convencionais.

Existem alguns casos em que o paciente não precisa nem mesmo de algum cuidado pré ou pós-operatório demasiadamente intenso, como ocorre com o preenchimento labial, por exemplo: desde que os lábios não estejam machucados, o paciente pode passar pelo procedimento na saída do trabalho e, depois, ir direto para casa se tudo correr conforme o esperado.

Consequentemente, por se tratarem de procedimentos muito mais simples, não é necessário adotar um tempo de recuperação muito grande, já que o corpo não terá sido invadido intensamente. Assim, não haverá muitas influências nas atividades cotidianas de quem se submeter a esses procedimentos.

Outra implicação dos procedimentos minimamente invasivos é que a chance de ocorrerem complicações é muito menor. Desde que se escolha um cirurgião plástico competente e que tenha todo o conhecimento teórico e prático necessário para a realização do procedimento, a expectativa é de que tudo corra nas mais perfeitas condições.

Como esses procedimentos eliminam a necessidade de internação e cuidados mais específicos, eles também podem ter um custo mais baixo do que o de uma cirurgia convencional, sem abrir mão de sua eficácia e segurança.

Quando um Procedimento Minimamente Invasivo Não é Recomendado?

Existem alguns casos que o paciente pode optar por uma cirurgia convencional ou por um procedimento minimamente invasivo. Por exemplo, no caso do aumento de queixo, pode ser feita uma mentoplastia, que é uma cirurgia plástica invasiva, ou o preenchimento de queixo, que é um procedimento minimamente invasivo feito através da aplicação de ácido hialurônico.

Porém, não são todas as cirurgias que podem ser substituídas pelos procedimentos minimamente invasivos. No caso das cirurgias para Síndrome de Poland ou para a colocação de próteses mamárias, por exemplo, não há como realizar esse procedimento de uma maneira não invasiva.

Todas as Pessoas Podem Passar Por um Procedimento Minimamente Invasivo?

Por se tratarem de procedimentos mais simples, não há muitos impeditivos para pessoas que estejam interessadas em sua realização. Porém, é importante levar alguns pontos em consideração.

Caso a região do procedimento esteja com algum tipo de machucado ou lesão, então é importante aguardar pela sua recuperação, pois caso contrário os resultados podem não ser tão precisos quanto se espera.

De qualquer forma, antes da realização do procedimento, o cirurgião plástico fará uma análise de cada caso para determinar se o paciente está apto ou não a passar pelos procedimentos minimamente invasivos.

Os Procedimentos São Dolorosos?

Não, esses procedimentos não dolorosos, mas alguns deles podem causar um pequeno incômodo ou desconforto .

Além disso, em grande parte dos procedimentos é feita a aplicação de uma pomada anestésica antes de sua realização, o que ajuda a tornar esse momento muito mais confortável.

Aproveite os Benefícios dos Procedimentos Minimamente Invasivos

Fica evidente que esses procedimentos são ótimas oportunidades para fazer mudanças estéticas no corpo sem que haja a necessidade de se submeter a uma cirurgia plástica, que envolve uma série de preparações e cuidados especiais.

Para isso, conte com o Dr.Cláudio Lemos, que oferece uma série de procedimentos minimamente invasivos aos seus pacientes, sempre com o intuito de oferecer o melhor resultado possível, sem a necessidade de internação hospitalar e de retorno imediato social.